Vidas Muito Boas de J.K Rowling


Título: Vidas Muito Boas - As vantagens do fracasso e a importância da imaginação
Autor: J.K Rowling
Editora: Rocco
Ano: 2017
Páginas: 80
Skoob: Adicione


Sinopse: “Como podemos aproveitar o fracasso?” “Como podemos usar nossa imaginação para melhorar a nós e os outros?”. J.K. Rowling responde essas e outras perguntas provocadoras em Vidas muito boas, versão em livro do famoso discurso de paraninfa da autora da série Harry Potter na Universidade de Harvard, que chega às livrarias brasileiras no dia 7 de outubro. Baseado em histórias de seus próprios anos como estudante universitária, a autora mundialmente famosa aborda algumas das mais importantes questões da vida com perspicácia, seriedade e força emocional. Um texto cheio de valor para os fãs da escritora e surpreendente para todos que buscam palavras inspiradoras.


     Ler algo escrito por J.K. é sempre uma mistura de honra e nostalgia, e nessa obra os sentimentos não poderiam ser diferentes.

“ O Fracasso me ensinou coisas sobre mim mesma que eu não poderia ter aprendido de outra forma. Descobri que tinha uma grande força de vontade e mais disciplina do que imaginava; descobri também que tinha amigos cujo valor era verdadeiramente inestimável. “


  Grande escritora, grande pessoa e muitas experiências de vida que a tornam única dentro de suas pequenas – ou grandes subjetividades haha, J.K é uma mulher que ao longo de sua fama e de sua vida se mostrou extraordinária e esse livro nos traz um de seus discursos mais lindos e mais tocantes.

   Convidada a discursar em uma formatura da Universidade de Harvard, Rowling escolheu temas poucos falados, mas comuns e rotineiros, sentimentos que todos sentimos em algum momento de nossas vidas e tivemos que encarar de frente, as vezes sofrendo as vezes sendo firmes. Ao falar sobre a importância dos fracassos ela revela um sofrimento comum que as pessoas escondem ou fingem esquecer, enquanto deixam acumular.


“ Suas qualificações, seu currículo, não são sua vida, mas vocês encontrarão muita gente de minha idade ou mais velha que confunde as duas coisas. A vida é difícil, é complicada, está além do controle total de qualquer um, e a humildade de saber disso permitirá que vocês sobrevivam a suas vicissitudes. “


   Apesar de falas bem ao estilo autoajuda, o que lemos nessa obra são experiências e aprendizados, a autora não deixa de falar da realidade, das pressões e opressões e do sistema de perfeições e maquinas que estão a nossa volta, ao meu ver sua fala é sobre se libertar dessas pressões e fazermos aquilo que é próximo do que queremos ser.

Nota:









8 comentários:

  1. Ainda não li nada da J.K Rowling. Eu vivo dizendo que vou começar a ler Harry Potter, mas acabo deixando para depois. Não conhecia esse livro. Achei mesmo com uma pegada autoajuda. Mas, claro, deve ir além disso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Li esse livro acho que tem exatamente 1 ano e foi o que me instigou a fazer algumas mudanças na vida e botar projetos pra frente, como meu próprio blog <3 JK realmente tem muito a ensinar e esse discurso é um exemplo disso. Seria ótimo se ela fizesse um livro de ensaios falando das experiências dela com Direitos Humanos na Anistia Internacional, no processo criativo de HP e agora como empresária...

    ResponderExcluir
  3. Ooi! Eu achava que esse livro era mais um tipo de biografia da autora e acabei nem dando atenção quando vi nos lançamentos. Porque eu não sou lá uma leitura de HP e por isso não tenho essa paixão toda pela autora como muitos outros. Mas é interessante essa premissa e acredito que o discurso deve ser muito bonito também.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Sabe aquele velho ditado que J.K escreve lista de compras e estou lendo?! Eu mesma na vida ahha Ainda não tive oportunidade de comprá-lo porém espero mudar isso muito em breve, e sua resenha me ajudou a ver a história com outro olhar. Fiquei bem curiosa e espero ler em breve <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Vi muitos Booktubers falando desse desse livro, mas como não sou fã da autora vou deixar essa dica passar dessa vez.
    Bjs

    https://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Quero muito ler esse discurso! Acredito que J. K. sempre tem algo a ensinar! Fora que essa edição ficou muito bonitinha!
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Toda vez que leio uma resenha desse livro praticamente vejo brilhando: AUTO AJUDA hauhauha e eu até leio, bem raramente livros do gênero, mas este não me chamou muito atenção.
    Quem sabe um dia!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  8. Oi Paac, sua linda, tudo bem?
    Eu vi sobre esse livro na blogosfera e acho a história de vida e de sucesso da autora simplesmente incrível. Ela é um exemplo para muita gente. Eu leio qualquer coisa que publicarem dela, é o tipo de pessoa que eu paro para ouvir.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

@bardaliterária